“Não dá tempo”. Será?

O ano do vestibular é para muitos um grande divisor de águas, pois é a primeira vez que o adolescente precisa enfrentar dificuldades reais a fim de atingir um objetivo real: a aprovação. Nesse contexto, esse ano se torna também um ano de muito stress, principalmente quando feito sem o acompanhamento correto, com uma equipe de profissionais capacitados para dar todo o suporte necessário ao aluno, como professores, monitores, assessores e psicólogos. Sendo assim, entre os alunos que passam por um ano estressante, uma das principais queixas é a privação de poder relaxar, de estar com a família, de curtir com os amigos e de fazer atividade física. No entanto, quando se conversa com os aprovados, a verdade é que muitos mostram que dá, sim, tempo de fazer “tudo”. Então, se você quer levar uma aprovação com menos privações, tornando-a mais sustentável, leia esse artigo até o final.

  • Organização

Organização é fundamental em qualquer área da vida. Portanto, para poder ter tempo “para tudo”, você precisa trabalhá-lo bem. Uma forma bem prática é montar um horário de estudos, juntamente ao seu assessor, em que você saberá exatamente o quê você deverá estudar, em que horário e de qual dia da semana. Assim, você terá uma visão macro das suas atividades – tanto do cursinho como por fora dele, como atividade física, descanso, refeições – e terá o seu tempo otimizado, sabendo exatamente o que fazer e quando fazer.

  • Estar 100% presente

No entanto, não adianta ter a sua agenda 100% organizada se você não faz o que tem que ser feito. Por exemplo:

– Quando você está na aula você realmente está na aula, ou pega o celular de 5 em 5 minutos? – Quando você está resolvendo questões, você realmente está focado ou se desconcentra constantemente?

– Quando você faz um simulado, você o faz nas mesmas condições da prova ou faz pausas e utiliza a calculadora?

A ideia é estar presente e focado no que se está fazendo, ou o aluno irá cair em um velho ditado “o preguiçoso trabalha dobrado”.

Fazendo isso, você verá a sua produtividade aumentar exponencialmente e, assim como estará 100% presente na hora de estudar, poderá estar 100% presente na hora do lazer, pois terá a consciência tranquila de que fez o que tinha que ser feito.

  • Tudo tem o seu momento

Claro que haverá, sim, certas privações, afinal, o ano de vestibular exige uma maior demanda de tempo para os estudos. Contudo, a ideia é não cortar atividades que lhe proporcionam relaxamento e prazer, mas apenas as colocar no momento certo e, principalmente, como recompensa. Uma breve história pessoal: em minha preparação eu precisava fazer, invariavelmente, um simulado de 90 questões, por cerca de 5 horas, todos os sábados. Logo, eu poderia encarar essa obrigação como algo altamente monótono e difícil. No entanto, eu fiz diferente e estabeleci uma rotina em que, na sexta eu ficava mais em casa, muitas vezes, estudando, mas no sábado após o simulado, eu sempre saia direto do colégio com os meus amigos para alguma programação de 100% lazer, que era a minha recompensa por ter feito o simulado da forma correta.

Assim, a moral da história é estabelecer prioridades, mas seguir fazendo o que gosta.

Você também pode gostar destes posts

Como funciona a prova do Insper?

Se você ainda não sabe como funciona a prova do vestibular do...

Como me preparar para a prova do insper

Se você chegou até aqui, provavelmente tem muito interesse em ser aprovado...

Quais cursos de graduação existem na FGV?

Em produção…

plugins premium WordPress
Rolar para cima

Estude na BNE

Garanta sua preparação com a MELHOR e MAIOR para FGV e Insper. Conheça já nossas turmas!