Qual curso devo fazer?

Uma dúvida muito comum entre os vestibulandos é “Qual curso devo fazer?”. A verdade é que escolher a sua profissão para o resto da sua vida, com apenas 16, 17, 18 anos é um pouco difícil. No entanto, essa é uma escolha que precisará ser feita querendo o aluno ou não. Logo, em vez de esperar a resposta “cair do céu”, existe uma série de dicas que o aluno pode colocar em prática para chegar perto da melhor resposta de qual curso seguir. Sendo assim, se você ainda está com essa dúvida, acompanhe esse artigo até o final para refletir um pouco sobre que curso fazer!

Veja o curso como um meio e não como um fim

Um erro comum na escolha do curso é dissociar essa escolha da atuação profissional, então, ao fazer essa escolha, veja os ramos de atuação que aquele curso proporciona. Em todo curso – sem exceção – existirão matérias não tão atraentes, mas se você sabe qual é o seu objetivo lá na frente, passar por essas cadeiras será algo um pouco mais fácil. É melhor suportar um curso mais ou menos para exercer a profissão dos seus sonhos do que amar a faculdade e não se encontrar profissionalmente!

Veja as matérias que você mais gosta

Todos têm aptidões naturais, seja à oratória, seja aos números, seja à escrita… Tente identificar essas aptidões vendo em quais matérias do colégio você tem mais facilidade e poderá ter alguma noção sobre o ramo de atuação.

Converse com profissionais da área

Algo muito interessante a se fazer é conversar diretamente com profissionais de cada área em que o aluno tem interesse. Essa conversa pode tirar muitas dúvidas, além de dar uma boa noção sobre como funciona na prática a atuação daquele profissional, afinal, como já dito mais acima, a faculdade é o meio para uma profissão e não um fim em si.

Converse com alunos de cada curso

Da mesma forma que você está com essa dúvida sobre qual curso escolher, vários outros tiveram e hoje acharam a resposta na faculdade! Sendo assim, procure algum veterano e troque uma ideia com ele, pois provavelmente ele irá ajudar compartilhando a sua experiência pessoal!

Veja você mesmo!

Em vez de ficar imaginando como é cada curso, você pode você mesmo colocar a mão na massa. As faculdades geralmente disponibilizam as grades curriculares de cada curso, as cargas horárias, os professores. Com isso em mãos, você pode ver as informações e ver qual curso mais te agrada!

Invista em autoconhecimento

A verdade é que nenhuma das dicas acima servirão de muita coisa se você mesmo não se conhecer e muitos alunos, talvez pela pouca idade, ainda não se conhecem de fato. Assim, é fundamental que o aluno também não espere essas respostas caírem do céu, podendo ir a um psicólogo, fazer testes vocacionais ou até mesmo perguntar a pessoas próximas e de confiança como é que eles a veem!

Teste diferentes coisas!

Existe um mundo de possibilidades de atuação profissional e talvez você nem saiba ainda qual é a sua aptidão. Então, teste diferentes coisas, se aventure em novos mundos sem medo de errar e a sua chance de acertar irá aumentar.

De qualquer forma, lembre-se, a decisão de qual curso seguir é uma escolha muito importante, mas que não é irreversível. Nunca é tarde para recomeçar e trilhar um novo caminho!

Você também pode gostar destes posts

O Insper é uma boa faculdade para mim?

Essa é uma dúvida comum entre os estudantes que estão pesquisando qual...

O que é a figura do “assessor”?

Uma das melhores formas de aprender a fazer algo é conversando com...

Como funciona o curso de direito do Insper?

Em 2021, o Insper apresentou ao Brasil uma proposta de curso de...

plugins premium WordPress

Estude na BNE

Garanta sua preparação com a MELHOR e MAIOR para FGV e Insper. Conheça já nossas turmas!