O efeito bola de neve

Um dos maiores problemas que pode acontecer na preparação de um aluno é o chamado “efeito bola de neve” e ele ocorre, basicamente, quando o vestibulando, por algum motivo, não consegue acompanhar o ritmo de conteúdos proposto pela sua preparação. Com isso, os assuntos tendem a se acumular e o estudante fica desesperado pois agora precisa não só estudar o conteúdo da semana, como estudar ainda mais para colocar o assunto em dia. Sendo assim, se isso já aconteceu com você, saiba que é possível, sim, vencer o efeito bola de neve. Contudo, para isso você precisa tomar alguns cuidados, então se liga nessas dicas para colocar os conteúdos em dia sem stress!

1)    Identificar o inimigo

Não dá para vencer algo que você não sabe exatamente como é. Sendo assim, o primeiro passo é listar todos os conteúdos que ficaram em aberto até hoje. Faça isso e coloque-os em um papel, assim você poderá saber quantos conteúdos você ainda tem para rever, ou seja, o que você precisa fazer.

2)    Quanto tempo você tem

Tempo é um recurso escasso – às vezes até escasso demais na vida do vestibulando – e, por isso, você tem que saber trabalhar bem ele. Veja quantas semanas você tem até o início da sua revisão ou, se não for fazer uma, até o dia do seu vestibular. Assim, dividindo a quantidade de conteúdos pela quantidade de semanas, você irá saber quantos assuntos precisa estudar por semana para ter visto todo o conteúdo.

 3)    Ordená-los

Assim como o tempo, energia também é um recurso escasso e, por isso, o aluno precisa destinar seus esforços com maior afinco a alguns conteúdos. Sendo assim, é fundamental que você organize os assuntos atrasados levando em conta dois pontos:

1) peso em sua prova (Ex.: Matemática X Português, no vestibular do INSPER) e

2) Recorrência (Ex.: Regra de Três X Polinômios, no ENEM)

Com isso, você vai focar nos conteúdos que tem maior peso e maior recorrência. Caso tenha dificuldade nesse ponto, peça ajuda a seu assessor ou a alguma pessoa que tem conhecimento da prova que você deseja fazer!

 4)    Destinar um tempo a isso

Busque um horário em sua agenda semanal apenas para matar conteúdos atrasados. Tenha cuidado apenas para não se sobrecarregar e tente colocar um tempo que seja adequado à sua realidade, lembrando que 1 hora por semana para isso é melhor do que nenhuma!

 5)    Executar

Agora que você sabe o que você precisa fazer, como fazer e quando fazer, chegou a hora de executar. A verdade é que isso será um “a mais” que você tem que fazer para suprir algum problema lá atrás em sua preparação, então, isso poderá ser um pouco difícil, mas, lá na frente, você vai ter se agradecido por ter começado a colocar os conteúdos em dia com tanta antecedência. 

Você também pode gostar destes posts

Entenda de uma vez por todas a TRI

TRI. Esse é um dos tópicos que mais confunde – e assusta...

Como funciona o processo seletivo da FGV?

Em produção…

Por que você usa o celular sem perceber?

Provavelmente você já escutou, em algum momento da sua vida, que os...

plugins premium WordPress

Estude na BNE

Garanta sua preparação com a MELHOR e MAIOR para FGV e Insper. Conheça já nossas turmas!