Por que você precisa fazer simulados?

Os simulados são um ponto crucial na preparação de qualquer aluno para o vestibular, pois eles são formas de desenvolver diversos aspectos da preparação para o “grande dia”. Veja nesse artigo os principais benefícios da realização de simulados:

Resistência                           

A maioria dos alunos que conclui um simulado, ou mesmo o vestibular, sai da prova mentalmente exausto. Isso ocorre porque realizar dezenas de questões em um curto período de tempo e em um alto estado de concentração é algo cansativo. Assim, o aluno precisa desenvolver certa capacidade de “resistência” ao esforço mental que tem que desempenhar, sendo a melhor forma de fazer isso simulando o dia da prova. Logo, ao realizar seus simulados, tente fazê-lo com as condições reais do dia do vestibular: sem pegar no celular, com o tempo cronometrado e sem interrupções, de forma que o seu “treino” seja o mais parecido possível com o seu “jogo”.

Estratégia de Prova

Dificilmente um aluno começa um simulado e se mantem no mesmo ritmo do início ao fim, resolvendo todas as questões. É necessário, então, que o aluno tenha estratégias de prova e ele só poderá desenvolver as próprias estratégias praticando igualmente ao dia da prova. À medida que se resolve simulados, o vestibulando passa a compreender em que momentos se sente mais cansado, quando ele pode, por exemplo, tirar uma pausa, em quais provas ele têm mais dificuldade, por qual assunto começar…

Então, faça simulados e preste atenção a fim entender o que melhor funciona para você para aplicar no dia da prova, testando diferentes estratégias.

Avaliação de Desempenhos

Muitas vezes ao longo da preparação para o vestibular você irá se sentir perdido, duvidando se está no caminho certo. Assim, os simulados servem como uma boa forma para o aluno analisar a sua preparação como um todo. O ideal é que a sua colocação esteja subindo a cada simulado, mas também não se preocupe caso isso não aconteça do dia para a noite! Esse é um processo gradual que vai vir naturalmente caso você esteja fazendo uma preparação bem feita.

Revisão

Ao realizarmos uma lista de questões após ver a teoria de um determinado assunto podemos estar estudando de forma um pouco “tendenciosa”, afinal, o assunto está ali, ainda muito “fresquinho”. No entanto, nos simulados tem-se um cenário completamente diferente, em que o aluno deve resgatar diferentes conteúdos, em diferentes ordens e que estudou em diferentes épocas. Assim, é possível, para o vestibulando atento, perceber quais são os seus pontos fracos, ou seja, aqueles conteúdos que ele mais tem errado no simulado. Além disso, ao resolver questões de diferentes assuntos no simulado, o aluno está revisando um espectro grande de matérias, atenuando o esquecimento observado na Curva de Ebbinghaus.

Você também pode gostar destes posts

O que fez 9 pessoas de um grupo de 10 serem aprovados em medicina na federal?

No artigo de hoje, um dos assessores do time BNE trará uma...

Quero empreender, a FGV é uma boa?

Em produção…

Como funciona a prova do Insper?

Se você ainda não sabe como funciona a prova do vestibular do...

plugins premium WordPress

Estude na BNE

Garanta sua preparação com a MELHOR e MAIOR para FGV e Insper. Conheça já nossas turmas!