O preguiçoso trabalha dobrado

“O preguiçoso trabalha dobrado”. Esse é um ditado extremamente difundido na sociedade brasileira e ele implica que, sempre que fazemos algo de maneira desleixada teremos que, mais cedo ou mais tarde, voltar àquela atividade para fazê-la novamente, agora da forma correta. Essa máxima, é claro, também se aplica à preparação do vestibular, afinal, diversas atividades na rotina do vestibulando são bastante maçantes e, ao fazê-las com a barriga, muitas vezes o aluno tem que voltar a elas mais uma vez. O problema é que isso pode complicar a vida do aluno, pois trabalhar dobrado significa gastar o dobro de tempo também em uma atividade. Logo, trouxemos aqui alguns exemplos de momentos em que os alunos devem se atentar para não serem preguiçosos, de maneira que vão economizar mais tempo e, assim, ter mais tempo para descansar e fazer atividades que gostam.

1)    Aulas

Que atire a primeira pedra aquele aluno que nunca saiu de uma aula inteira sem ter escutado uma única palavra do professor para ficar no celular, conversando com os amigos ou simplesmente “viajando na maionese”. Claro, você não é nenhum robô e precisa de tempo para descansar. Contudo, saiba que você já está presente ali, então será que não seria melhor tentar prestar atenção? Eu garanto que, ao chegar em casa, fazer os exercícios ou repassar a teoria será muito mais fácil após ter acompanhado o raciocínio do professor, de forma que você poderá finalizar os estudos mais cedo do que se tiver que pegar tudo do zero. Então, tente estar presente nas aulas sempre que possível!

2)    Videoaulas

Muitos alunos consideram a invenção do “2x” nos vídeos do youtube uma das maiores invenções da internet. Contudo, é importante que você tome cuidado, afinal, muitos alunos colocam o dobro da velocidade, mas absorvem apenas metade do assunto. Por conseguinte, eles têm que voltar para a aula mais vezes ou pausar com mais frequência, por exemplo, podendo perder mais tempo com isso. Sinta como você aprende mais e lembre-se que o processo do aprendizado requer paciência e atenção!

3)    Correções

Essa dica é importantíssima para aqueles alunos que têm preguiça de corrigir questões que erraram. Quando você faz uma bateria de questões, os principais objetivos são (1) fixar o conteúdo e (2) identificar suas falhas. Então, quando você não corrige seus erros, você está alcançando apenas o 1° objetivo. Logo, não pense “que preguiça de ir corrigir as questões erradas!” e sim “eu já fiz a maior parte do trabalho, agora só preciso corrigir meus erros.

4)    Fazer resumos

Muitas vezes temos preguiça de fazer resumos dos assuntos à medida que estudamos. No entanto, lá na frente, eles poderão ser muito úteis, principalmente no período da revisão, pois quando você tem os seus resumos feitos com as suas palavras, você poderá retomar os tópicos com muito mais facilidade do que por meio do resumo de terceiros ou das apostilas por exemplo, economizando tempo e energia.

5)    Se organizar

Montar uma rotina, fazer “to-do lists” das suas atividades do dia seguinte, programar o quando, o onde e o como você fará algo, são atividades que demandam tempo. No entanto, elas são como “afiar o machado para só então tentar cortar a árvore”, pois farão você ser muito mais eficiente nos estudos. Então não deixe a preguiça atrapalhar essas atividades!

 Agora que ficou claro que o preguiçoso trabalha dobrado, tente sempre prestar atenção se você não pode se dedicar um pouco mais a determinada atividade naquele momento para, mais à frente, não ter que voltar a ela!

Você também pode gostar destes posts

Conheça a redação do INSPER

É frequente que os alunos tenham dificuldade na redação do INSPER e,...

Inteligência emocional no pré-vestibular

Para ajudar no entendimento de quão fundamental é a inteligência emocional na...

Como utilizar flashcards?

O esquecimento de um determinado conteúdo tende a vir com o passar...

plugins premium WordPress

Estude na BNE

Garanta sua preparação com a MELHOR e MAIOR para FGV e Insper. Conheça já nossas turmas!