Dicas para se destacar na segunda fase do Insper

Por se tratar de uma etapa diferente do que é encontrado em outras faculdades do Brasil e do mundo, a segunda fase do vestibular do Insper certamente pode, em um primeiro momento, assustar aqueles que almejam a vaga nessa universidade.

Pensando nisso, nós do BNE preparamos uma lista com 3 dicas para você, vestibulando do Insper.

Antes da lista, no entanto, é importante apresentar o que o vestibulando irá encontrar na segunda fase. Nessa etapa do vestibular, a pessoa participará de um debate com outros vestibulandos no qual, por meio da discussão de temas atuais e polêmicos, demonstrará suas habilidades de oratória e argumentação, além do seu conhecimento de mundo.

Ainda na segunda fase, o vestibulando também participará de uma arguição, que é nada mais do que uma apresentação rápida feita pelo candidato expondo as perguntas que ele faria a pessoas-chave em determinados assuntos com o objetivo de responder questões relevantes ligadas ao mundo contemporâneo. É importante deixar claro que em nenhum momento da arguição o aluno responde a essas perguntas, apenas apresenta outras perguntas que poderiam ajudá-lo a eventualmente resolver esse dilema.

Agora, sem mais delongas, vamos às dicas: 

  1. O primeiro cuidado é com o emocional. Sabemos que o vestibular é um momento importante que pode acarretar em tensão e ansiedade para os alunos. No entanto, as participações dos vestibulandos na segunda fase do Insper necessitam de serenidade, paciência e clareza mental. Por isso, é muito importante que o aluno busque levar todo o processo com a maior tranquilidade possível.
  2. Estar atualizado é muito importante. Todos que querem entrar no Insper sabem como a instituição aparece como um ente central do debate público nacional. Por isso, os avaliadores do vestibular do Insper buscam sempre aferir o quão os candidatos estão antenados nas questões que têm pautado as notícias. Dessa forma, é essencial que os vestibulandos estejam afiados no que se referes aos tema da cena pública brasileira e mundial.
  3. Uma boa argumentação não pode faltar. De nada adiante que o aluno esteja tranquilo e a par das últimas notícias, se ele não demonstrar tudo isso por meio de uma arguição clara e coerente. Nesse sentido, aquelas participações dos alunos que aparecem como uma “enrolação”, que não apresentam nenhuma conclusão relevante e nem partem de premissas bem embasadas, serão mal vistas pelos avaliadores. Portanto, apresentar falas lógicas e coesas é central para a aprovação da segunda fase do vestibular do Insper.

Você também pode gostar destes posts

Dicas para render mais no EAD

Com o início da pandemia, a realidade do EAD foi imposta não...

Síndrome do Impostor

Um vestibulando, ao longo da sua preparação, costuma receber diferentes pressões externas,...

Entenda de uma vez por todas a TRI

TRI. Esse é um dos tópicos que mais confunde – e assusta...

plugins premium WordPress
Rolar para cima

Estude na BNE

Garanta sua preparação com a MELHOR e MAIOR para FGV e Insper. Conheça já nossas turmas!