Como um físico quântico pode te ajudar na sua preparação?

Muitas vezes não sabemos exatamente como estudar a fim de, realmente, compreender o conteúdo. Por outras vezes, estudamos um assunto e, pouco tempo depois, esquecemos quase tudo estudado. Bom, Richard Feynman, um dos pais da eletrodinâmica quântica e que chegou a ganhar o Nobel de 1965, desenvolveu uma forma de aprender praticamente qualquer assunto de forma simples, e que pode ajudar você. A ideia principal é que você consiga transmitir o assunto estudado da forma mais enxuta e simples possível. Então, se você quer facilitar os seus estudos, leia esse artigo até o final para entender a técnica Feynman!

O método de Feynam consiste em 4 etapas: (1) escolher um conceito; (2) Ensinar a “alguém”; (3) Identificar lacunas; (4) Retomar o assunto e simplificar. Entenda:

(1) Escolher um conceito

Essa é a parte mais simples: escolha algum assunto a aprender. Em seguida, veja toda a teoria dele da forma que preferir e busque assimilar o máximo possível do conteúdo, ou seja, estude-o normalmente. Se possível, vá anotando os tópicos chave, destrinchando conceitos importantes e fazendo observações. Esse é a hora do “input” de informações.

(2) Ensinar a “alguém”

Em seguida, você deve ensinar o assunto a “alguém” (entre aspas, pois pode ser para você mesmo, fazendo uma explicação oral do conteúdo) buscando fazê-lo da forma mais simples e didática possível. Tente fazer com uma linguagem de tão fácil entendimento, que até mesmo uma criança compreenderia. Em tese, você deveria saber tudo, pois acabou de estudar, né? No entanto, isso dificilmente ocorrerá…

(3) Identificar lacunas

Na hora da explicação, você irá esquecer certas informações ou não as saberá explicar de forma simples o suficiente. Esse ponto é fundamental, pois vai escancarar que aspectos do conteúdo você deve retomar, indo agora para o quarto passo.

(4) Retomar o assunto e simplificar

Identificando as lacunas, volte na teoria e relembre-as. Em seguida, faça novamente a explicação do conteúdo, agora sem as dificuldades que teve anteriormente. Além disso, lembre-se de buscar sempre simplificar o contepudo, com menos palavras, menos termos complexos e menos jargões. Com isso, você terá um aprendizado muito mais completo. DICA: Caso queira tornar o seu estudo ainda mais intenso, considere o assunto como encerrado quando puder explicá-lo “de cor”, do início ao fim. Caso surja alguma lacuna ou dúvida lá no final, retome a explicação do início e não do ponto do erro! Será mais difícil, mas o conteúdo ficará muito mais consolidado, pois será visto mais vezes como um todo.

Você também pode gostar destes posts

Como e quando começar a sua preparação para a segunda fase do INSPER?

Em minha trajetória de alguns anos como assessor percebi que uma das...

Qual curso devo fazer?

Uma dúvida muito comum entre os vestibulandos é “Qual curso devo fazer?”....

Quanto custa uma mensalidade no Insper?

Em produção…

plugins premium WordPress

Estude na BNE

Garanta sua preparação com a MELHOR e MAIOR para FGV e Insper. Conheça já nossas turmas!